13 de Julho de 2009

A letra R.


Aparentemente é só mais uma letra do alfabeto. É a décima oitava letra do alfabeto. E nem de propósito, dezoito também quis dizer amor. Durante alguns meses fizemos dele amor e, por meio de uma simples brincadeira, subtraindo um aos oito o resultado dava o número com que sempre te irei lembrar.
Há momentos em que pensamos em coisas que, talvez, mais ninguém pense ou, pelo menos, pensamos em alturas que praticamente ninguém se iria lembrar de tal.
De facto, a letra R é uma simples letra do alfabeto. Dito assim, desta maneira, não passa disso. Mas como tudo na vida, há sempre pequenas coisas que, aos olhos do resto do mundo não têm valor, mas que acabam por fazer sentido na vida de alguém.
No meio de tantas despedidas que, nos últimos anos me vejo obrigada a fazer, que magoam mais por serem eles, há coisas que acabam por se destacar. Na verdade, a letra R tem mais significado na minha vida do que provavelmente outra, apesar de haver outras tantas que me fazem lembrar coisas, pessoas, lugares que me preenchem enquanto pessoa. E a elas chamo-lhes vida. No entanto, não são precisas despedidas, nem constantes promessas de um até já breve que, muito sinceramente, espero ver cumpridas, pois nada me faria mais feliz do que ver regressar aqueles a quem nunca quis dizer adeus, porque a eles não o sei dizer. Há, por isso, pessoas de quem não nos temos de despedir, ficam bem perto de nós, mesmo que a distância física não seja tão curta assim.
Aparentemente era só mais uma letra do alfabeto, mas dei por mim a reparar que a letra R é muito mais que isso. Houve sempre prioridades na minha vida e, com isso, aprendi a gostar mais de umas coisas do que outras. Nomeadamente, sempre tive mais queda para me interessar por desporto, por música, por televisão e, por isso, houve sempre nomes que me prendiam pela gentileza, pelo profissionalismo, pela simpatia, pelo talento, pelo carisma.
Há bem pouco tempo me apercebi que, no meio de todos esses interesses, as pessoas por quem sempre tive uma grande admiração sempre foram diferentes entre si, mas tinham alguma coisa que as ligava e, mesmo que seja apenas numa letra, a verdade é que a letra R sempre foi um factor comum. Desde a televisão ao futebol, passando pela música e pelo hóquei, os grandes nomes que eu sempre me vi admirar começavam pela letra R. Pode até não fazer sentido, aos olhos do mundo, ao resto do mundo, mas para mim sempre o fez. Primeiro de tudo, a referência a nível de espectáculo será sempre o grande senhor Ruy de Carvalho, pelo óptimo trabalho que desempenha todos os dias, pela emoção que passa a cada personagem. É tão bom vê-lo trabalhar, dá uma força e uma vontade de nunca desistir. Mas depois vem a música e aí o grande nome que me grita o coração é o insubstituível Rui Veloso, e o que seria de mim sem as magnificas letras que desde sempre escreveu com o coração. O que seria de mim sem poder, praticamente, acordar com a música mais bonita que, para mim, fizeram até hoje. E tantas vezes é a fuga para as palavras que, muitas vezes, não tenho e não foram poucas as vezes que senti as tuas letras como uma parte de mim. Mas muito do que sou vem do desporto, é assim desde pequena, segundo a minha mão sempre fui muito «maria-rapaz» e, na verdade, sem foi assim que fui feliz. Tudo começa no futebol e o primeiro nome que me sai directamente do coração para o papel será sempre o primeiro a ser grande parte do que sou, por ser sempre o primeiro a quem dedicarei todo o meu amor. É a quem chamo vida e nunca escondi que o seu nome é Ricardo Quaresma. Ainda não te sei escrever as palavras certas, apenas te sei dizer te agradeço todos os dias e que o meu coração está onde está o teu, meu campeão. Depois vem o Raul Meireles, outro Guerreiro, outro exemplo, outra parte do que sou. A tua grandeza não termina e os obrigados serão sempre poucos. Também ainda há lugar para ti, intocável Ricardo Carvalho que, mesmo longe há tanto tempo, nunca me esqueci da simpatia e da garra, e todos aqueles anos de Dragão ao peito ainda hoje os sinto e são tantas as saudades que tenho de te ver vestir com o nosso azul. A seguir ao Futebol vem, como não podia deixar de ser, o Hóquei que, embora não pareça, sempre foi das modalidades que mais gostei de ver, apesar de ser a que menos consigo ver. E como não podia deixar de ser, Reinaldo Ventura é a principal referência, na garra, na firmeza, no querer, na luta. És um símbolo da nossa casa, sê-lo-as sempre. Por fim, mesmo que não seja há tanto tempo que os demais, não podia faltar, pela ambição, pela raça, também pelo querer, pelo talento, por tudo o que ainda à pouco te disse, o Ricardo Oliveira, porque apesar de seres, para todos, o Caio, e eu também te identificar por tal, sempre tiveste dos nomes mais bonitos e, muitas vezes, vem primeiro o nome Ricardo em vez do nome Caio.
Há muitas pessoas que nos marcam para a vida toda, mas há sempre um grupo que nunca iremos esquecer. Eu tenho o meu, diferentes em personalidades, iguais na vontade, no querer vencer, no fazer melhor todos os dias. E para vocês nunca saberei agradecer tão bem como o devia fazer.
Apesar de uns serem mais importantes que outros e apesar do Quaresma ser sempre o primeiro de todos, amo cada um à minha maneira e da mesma maneira nunca os irei esquecer. Todos vocês me ensinaram a gostar muito além de aparências, cada um me deu um pedacinho de coisas que vou guardar toda a vida, desde força a ensinamentos. Quando se gosta, gosta-se sempre, e quem gosta também acredita sempre. Vocês valem pelo que são por dentro e é isso que eu mais aprecio em vocês, a autenticidade do coração de cada um.
A letra R significa – muito – amor. Obrigada ♥




Subscribe to Our Blog Updates!




Share this article!

2 comentários:

meninadolápismágico disse...

Gostei muito querida . Mesmo muito !
E já agora, a letra R também é importante para mim , e mais não seja porque é a inicial do meu nome ! :P

L' disse...

Obrigada, foste uma querida *-*

Eu ia arriscar, só que a entrega dos trabalhos era até dia 30 de Junho e como andava super ocupada com os exames, nao deu mesmo :'$$
agora só para o ano. Mas não vou desistir, mal tiver um tempinho livre vou preparando um portfolio com as minhas melhores fotos (:
(o concurso é o BESRevelação)
Relativamente à escrita, passei esta semana na universidade junior em Jornalismo. Cheguei mesmo a pensar 'é isto que quero fazer na minha vida, é isto que amo'.E vou lutar por esse sonho (:
Em que concurso participaste ? :D

Mais uma vez, parabéns pelo BLOG :D
Beijinho*

Return to top of page
Powered By Blogger | Design by Genesis Awesome | Blogger Template by Lord HTML